E3 2015 | Resumo da conferência da Bethesda

A Bethesda já começou a E3 colocando os dois pés na porta.

Não enrolou muito e já foi logo mostrando o que vai ser o novo DOOM. Logo de cara, tacaram um gameplay e foi bem perceptível que eles trouxeram de volta o Doom Raiz, o Doom frenético, o Doom moleque, o Doom que é só tiro porrada e calibre 12. Vamos dar uma olhada no vídeo:

Além do gameplay frenético no modo história, terá também um multiplayer, coisa inédita na franquia. O jogo terá, também, um criador de mapas chamado de Snapmap. Como se não bastasse todas essas novidades em Doom, os monstros clássicos também retornaram. Inclusive a fase do Inferno, com direito a um cramulhão de todo tamanho no meio da fase.

Doom estará disponível apenas no verão de 2016 para PC, Xbox One e PS4

O outro jogo que a Bethesda anunciou foi Battlecry e ele vai ser um jogo em terceira pessoa e só um pouquinho violento. Trará, também, um visual bem cartunesco, mas não será aconselhável para criança jogar.

Como não poderia ser diferente, foi anunciado Dishonored 2, que trará novos elementos mas com a personagem do primeiro jogo chamada “Corvo” (ou Emily). Novos movimentos darão mais agilidade para a personagem são mostrados no trailer. Mesmo sendo uma CGi, a movimentação e ambientação é muito interessante.

Aí, logo em seguida, falaram de The Elders Scrolls. Disseram que terá uma nova versão de cartas chamada “Legends”. Entretanto, eu não vou colocar nenhum trailer por dois motivos: O primeiro por que eu não gosto. O segundo, por que eu não quero. Mas, se você quiser ver os dois, clique aqui e aqui.

Mas, quem diria, o grande pulo do gato da Bethesda foi Fallout 4.

Para começar, eles mostraram gameplay mostrando o início do jogo, que se passa em uma vila antes de começar a cair as bombas que transformam o jogo no que ele realmente é: um cyberpunk.

200 anos depois, começa realmente de fato a gameplay e você contará com cachorro de companheiro e, também, você vai poder construir coisas com destroços largados pelo jogo.

Para quem comprar edição de colecionador de Fallout 4 (que, por sinal, já está esgotado), poderá ganhar um Pip Boy de verdade idêntico, ao o do jogo. Ele acomodará o seu smartphone para poder controlar os dados do jogo e, de quebra, rodar alguns mini games que tem em um aplicativo exclusivo.

E, quando a gente achou que já tinha terminado tudo, a Bethesda ainda anunciou que está disponível, quase que na mesma hora da conferência e, exclusivamente para iOS, Fallout Shelter. No jogo, você vai criando seu próprio vault e adquirindo novos inquilinos. Como se estivesse montando um condomínio de apartamentos, deixando casais isolados em cada apartamento para fins reprodutivos e, deste modo, poder reabitar o planeta que foi destruído. Veja o trailer:

Clique aqui para baixar Fallout Shelter na App Store.

Finalizando com chave de ouro e chocando ainda mais a sociedade (e toda a plateia presente), a Bethesda prometeu Fallout 4 para o dia 10 de Novembro deste ano.

Isso mesmo: 10 de novembro!

Pra mim, já ganhou essa, dona Bethesda! Se caso queira ver a conferência inteira, só clicar aqui!

Mantenha-se informado. Acompanhe nosso post centralizador com todas as notícias vindas da E3 2015 clicando aqui!

Espalhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Rogério Lima

Rogério Lima

Gamer desde 1993, aos 11 anos, quando ganhou seu 1º SNES e é fanático por informação desde a N.º 1 da Super Game Power. Hoje, é colecionador de jogos e consoles, os quais guarda com carinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Acompanhe nas redes

Mais popular

Get The Latest Updates

Subscribe To Our Weekly Newsletter

No spam, notifications only about new products, updates.

Mais conteúdo

Continue lendo

Posts relacionados

Novo iPhone SE vale a pena?

A Apple lançou um iPhone barato. É um modelo de entrada? Sim. Mas nem tanto. Vamos explicar! O iPhone SE 2020 é um modelo mais em conta